Companhias plurais

Quando se fala em diversidade no âmbito da governança, o primeiro tópico que vem à cabeça de muitas pessoas é a contratação de mais mulheres para os conselhos de administração. Mas a diversidade vai muito além disso — especialmente se ela for vista como um fator estratégico. Por trás da necessidade das organizações de terem mais mulheres em seus quadros, está a procura por ideias e opiniões que possam estimular uma visão diferente — e potencialmente inovadora — dos negócios. Essa mesma razão é o que motiva as áreas de recursos humanos a investirem na contratação de profissionais com idades, nacionalidades, habilidades e experiências de vida diversas. Como implementar uma política de diversidade eficaz? Quão difícil é formar um quadro de executivos com essa pluralidade? Qual o papel das lideranças nesse processo? De que forma a diversidade contribui para a competitividade das empresas? Companhias que prezam esse fator são mais inovadoras?

Participantes:

Andrea Chamma, consultora de desenvolvimento estratégico da Chamma Consulting
Henrique Luz, sócio da PwC
Karina Chaves, gerente de diversidade do Carrefour
Maristella Iannuzzi, diretora global da área de Digital Channel Management da Schneider Electric
Milene Schiavo, associate principal da Korn Ferry

Conteúdo exclusivo para associados

Ingresse para o Clube de Conhecimento e tenha acesso a esse áudio e outras vantagens.