Instrução 571

A expressiva participação de investidores pessoa física na audiência pública que debateu a definição de regras da Instrução 571 da CVM, aprovada em novembro de 2015, revela o avanço significativo do ativismo de cotistas no mercado brasileiro de Fundos de Investimentos Imobiliários (FIIs). O engajamento dos cotistas nas discussões sobre essa modalidade de investimento influenciou o aprimoramento da divulgação de informações sobre os FIIs e estimulou a criação de regras que favoreçam ainda mais o exercício do ativismo. Este workshop teve como objetivo explorar os detalhes da nova regulamentação, seus impactos sobre a indústria de fundos imobiliários e a ascensão do ativismo de cotistas.

Programação:


• As principais regras implementadas pela Instrução 571
• O impacto das novas regras na estratégia de administração dos fundos
• A ascensão do ativismo de cotistas e seus impactos na indústria de FIIs

Participantes:

• Bruno Luna, gerente do Departamento de Fundos Estruturados da CVM
• Augusto Martins, sócio da área de Investimentos Imobiliários da Rio Bravo
• Adriano Mantesso, diretor executivo da Real State - BTG Pactual
• Tiago Guitian, investidor pessoa física
• Guilherme Osima, sócio responsável pela área de fundos de investimento do N, F & BC Advogados
• Ricardo Orihuela, engenheiro e investidor

Conteúdo exclusivo para associados

Ingresse para o Clube de Conhecimento e tenha acesso a esse áudio e outras vantagens.